Vendas
07/10/2020 • 4 MIN LEITURA

Grab and Go: entenda essa grande tendência na venda de alimentos

Grab and Go é um conceito de atendimento que permite ao cliente ter acesso a um alimento ou bebida e consumi-lo de imediato. Do inglês, Grab and Go significa “pegue e vá” e é esse o objetivo da tendência: fazer com que o cliente pegue sua comida ou bebida e vá para onde quiser. Ou seja, ele não precisa consumir no local. 

A tendência é muito difundida nos Estados Unidos, onde as pessoas estão acostumadas a pegar um café e ir tomando na rua ou se alimentar de lanches rápidos. Neste artigo, você vai entender melhor sobre o Grab and Go e o que precisa para adotá-lo em seu negócio. Confira!

O que é Grab and Go?

O conceito Grab and Go também pode ser considerado como um padrão de comportamento do consumidor. Pessoas que buscam serviços e produtos que oferecem conveniência são as principais usuárias do modelo. No Grab and Go, os clientes têm acesso a produtos prontos para o consumo. Isso quer dizer que é só pegar o item e comer.

grab and go

Assim como fazemos com salgadinhos, biscoitos, barrinhas de cereais etc. Todos esses itens podem ser facilmente consumidos a qualquer hora e em qualquer lugar. O cliente pega e sai comendo. 

Comportamento do consumidor nas escolhas alimentares

Embora o isolamento social tenha tirado grande parte das pessoas das ruas, a compra de alimentos prontos para o consumo não diminuiu, pelo contrário. Uma pesquisa realizada pela Criteo revela que o consumo de snacks aumentou 722% durante a segunda semana de abril.

A procura por outros tipos de alimentos, que podem ser consumidos de forma rápida, também cresceu. A pesquisa “Alimentação na pandemia – como a Covid-19 impacta os consumidores e os negócios em alimentação”, realizada pela consultoria especializada em food service Galunion, em parceria com o Instituto Qualibest, revelou dados interessantes sobre o comportamento do consumidor neste período. 

O levantamento mostrou que os alimentos preferidos têm sido:

  • 67% pizza;
  • 47% hambúrgueres;
  • 41% sanduíches;
  • 31% salgados;
  • 29% açaí.

Em diversos países, os profissionais não têm uma hora completa para o almoço, por isso o conceito de Grab and Go funciona muito bem. Os brasileiros, no entanto, têm direito a uma hora ou mais de almoço, mas querem usar esse tempo de outra forma. Isso tem feito com que busquem por mais soluções rápidas e fáceis, que lhes permita pegar sua comida e sair. 

As empresas que querem crescer e atingir uma fatia de mercado cada vez maior precisam estar atentas a essas tendências. O Grab and Go pode ser uma oportunidade para que o seu negócio consiga conversar com outros tipos de clientes. Porém, antes de começar a investir em alimentos que podem ser consumidos instantaneamente, você deve preparar a sua empresa. 

Adaptar os processos, orientar as equipes, cuidar do atendimento e desenvolver novas opções para o cardápio são apenas algumas ações necessárias. Veja a seguir nossas dicas para começar!

Como adotar o conceito Grab and Go na empresa?

grab and

Identifique as necessidades do consumidor

Uma pesquisa realizada pela Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), em 2018, mostra que 80% dos brasileiros buscam alimentação saudável. A preocupação com a saúde e qualidade de vida tem crescido nos últimos anos e isso tem estimulado o interesse do brasileiro em comer melhor.

Em geral, uma alimentação rápida é formada por produtos calóricos, nada nutritivos e saudáveis. No entanto, é possível oferecer uma gama de opções para quem quer se alimentar bem comendo algo rápido. Snacks, lanches, saladas são apenas algumas das opções. 

Antes de mudar ou incluir algo em seu cardápio, converse com o seu público, faça uma pesquisa e identifique as necessidades do seu cliente.

Prepare a infraestrutura do restaurante

Restaurantes que têm infraestrutura para receber os clientes nem sempre estão aptos para serviços de retirada. A logística é totalmente diferente e isso pode acabar confundindo os funcionários. 

Uma alternativa para evitar confusões é criar duas áreas de atendimento diferente, uma para quem vai retirar o pedido e outra para quem vai consumir no local. Além disso, é importante criar métodos de controle diferentes, para evitar que os pedidos sejam entregues de forma errada. 

Crie uma área de exposição de produtos 

Além do cardápio, alguns produtos, como bolos e tortas, podem ficar expostos. Essa é uma forma de atrair o interesse do consumidor e estimulá-lo a comprar. Tenha bastante atenção com esse ambiente, é preciso atender as normas sanitárias e de segurança. Os itens deve estar sempre bem apresentáveis, bonitos, organizados e limpos.

Diversifique o seu cardápio

A criação de um novo cardápio é fundamental para atender o público que procura um alimento para consumo instantâneo. No cardápio devem estar as informações sobre o preparo do alimento, seus ingredientes e outras informações importantes. 

Isso vai evitar que o cliente fique solicitando um atendente para tirar suas dúvidas. Afinal, a ideia é que ele tenha acesso a um alimento de fácil e rápido consumo. 

Invista em embalagens

A embalagem é um fator decisivo para a compra e fidelização do cliente. Obviamente que ninguém vai comprar seu produto apenas por causa da embalagem, mas ela é um atrativo a mais e pode seduzir o cliente.

Depois que o cliente comprar seu produto vem a avaliação de sua experiência. Se tiver sido negativa, é provável que ele deixe de comprar em sua empresa. Por isso, é preciso ter muito cuidado com as embalagens.

Uma embalagem para alimentos Grab and Go deve permitir que o cliente consiga manusear bem o alimento e consumi-lo enquanto está na rua, por exemplo. Ao mesmo tempo, deve manter o alimento conservado e em sua temperatura adequada, no caso frio ou quente. Sempre que possível, procure embalagens que permitam ao cliente armazenar o alimento, para momentos em que ele não consegue comer na hora. 

Os formatos de caixas, marmitinhas, cones ou barquinhas são alguns exemplos de modelos que podem ser adotados. Por fim, capriche no layout da sua embalagem e dê destaque para a sua marca, pois ela também será uma forma de divulgação do produto.

Quer ficar por dentro de outras tendências de mercado? Cadastre-se em nossa newsletter!