Gestão
23/08/2019 • 3 MIN LEITURA

5 dicas para desenvolver a criatividade e inovar na empresa

A criatividade é uma característica inerente ao ser humano. Há quem acredite que apenas algumas pessoas são capazes de ter ideias criativas, mas especialistas afirmam que é possível desenvolver a criatividade. 

Um estudo feito em Harvard afirma que a criatividade é uma habilidade aprendida. Ou seja, qualquer ser humano pode aprender a arte da criatividade. Neste artigo, vamos mostrar 5 dicas para te ajudar a desenvolver a criatividade para ter um negócio inovador. Confira!

Por que a criatividade é importante?

As maiores criações da história da humanidade partiram de uma ideia que se desenvolveu. Não há limites para a criatividade e esse fator influencia na hora de criar algo. Empresas que são consideradas como inovadoras criaram produtos a partir do diferente.

A inovação fortalece o relacionamento e fideliza os clientes, pois a empresa está sempre desenvolvendo produtos e soluções para tornar a experiência de compra mais satisfatória. 

A Apple, por exemplo, lançou o iPhone, um aparelho pequeno e leve, em uma época que os celulares grandes faziam sucesso. Com isso, lançou uma tendência e criou o aparelho mais cobiçado do segmento.

A Netflix criou um serviço de conteúdo audiovisual sob demanda, permitindo que o usuário decida quando e como quer assistir seus programas de TV, sem precisar de uma televisão. 

Ser criativo é uma habilidade que proporciona sucesso para as empresas e faz os profissionais brilharem.  A pesquisa StateofCreate: 2016, da Adobe, revelou que quem se identifica como criativa tem renda 13% maior do que quem não se considera criativas. E por isso é importante desenvolver a criatividade.

>>> Veja também: 7 boas ideias para embalagens de presentes criativas.

5 dicas para desenvolver a criatividade

1. Pare de dizer que você não é criativo

Desenvolver a criatividade é um processo que deve começar com o fim da negação. Todas as pessoas podem se tornar criativas, basta exercitarem a mente e a visão. A criatividade exige que o ser humano arrisque, erre e aprenda. 

Além disso, as experiências pessoas e profissional de cada indivíduo devem ser usadas para compor o repertório pessoal de cada um. As referências vão te ajudar a criar. 

2. Use a técnica dos ‘seis chapéus do pensamento’

A técnica dos seis chapéus do pensamento é um método filosófico, criado por Edward De Bono. A ideia do método é fazer com que o indivíduo observe a situação a partir de diferentes perspectivas. Veja como aplicar: 

  • Chapéu vermelho: observe a situação com emoção. O que seus sentimentos dizem sobre ela?
  • Chapéu branco: observe de forma objetiva. Quais são os fatos?
  • Chapéu amarelo: observe de forma positiva. O que a situação tem de positiva?
  • Chapéu preto: observe de forma negativa. O que a situação tem de ruim?
  • Chapéu verde: transforme a situação. Como seria se fosse totalmente diferente?
  • Chapéu azul: não coloque barreiras nas suas ideias. Qual o limite você pode ultrapassar?

3. Faça um brainstorm

Brainstorm – ou tempestade de ideias –  é uma técnica comum em universidades e empresas. O objetivo é fazer com que os envolvidos exponham suas ideias, por mais absurdas que pareçam.

Inclusive, nesse processo, não é permitido fazer julgamentos sobre as ideias de cada um. Toda participação é válida. O compartilhamento vai fazer com que uma solução seja encontrada a partir da junção de pensamentos. 

4. Saia da sua zona de conforto

Viva as diferenças, busque fazer coisas que nunca fez, experimente novas comidas, viaje para lugares que nunca pensou em ir, escute estilos de músicas inusitados. Enfim, faça algo que você nunca fez todos os dias ou sempre que puder. 

Buscar o novo vai te fazer sair da sua zona de conforte, ter novas experiências, ter contato com um universo completamente diferente do seu. Com isso, as novas ideias surgiram de forma natural. 

5. Inverta a lógica do seu pensamento

Durante toda nossa vida, somos ensinados e condicionados a pensar de uma forma padronizada. Isso limita a nossa criatividade e inibe o surgimento de novas ideias. Sempre que precisar desenvolver algo, pense, reflita sobre o seu primeiro pensamento e em seguida inverta a sua lógica. 

Além de todas as dicas que listamos acima, é fundamental conhecer o público e quem vai utilizar a sua ideia. Desenvolver a criatividade pode estar na criação de algo mais simples do que você imagina. Quer continuar recebendo dicas como essas? Assine a nossa newsletter!